whatsapp

Entenda como a ACV pode contribuir no gerenciamento das matérias-primas críticas

12/02/2020

O acesso garantido e sem impedimentos a determinadas matérias-primas é uma preocupação crescente em todo o mundo. Em 2011, a União Europeia publicou a primeira lista das matérias-primas de grande importância para a economia e de alto risco associado ao seu fornecimento, denominadas como Critical Raw Materials (CRMs).

Os Inventários do Ciclo de Vida representam uma fonte relevante de informações sobre os fluxos das matérias-primas críticas (CRMs) usadas na cadeia de suprimentos de alguns produtos amplamente levados em consideração na ACV, tanto como insumos quanto como subprodutos, emissões e resíduos.

Questões críticas como risco de fornecimento e potencial de substituição e reciclagem podem ser abordadas especificamente nos estudos de ACV.

É importante que isso seja destacado durante a definição do objetivo e escopo, a fim de evitar a perda de informações relevantes devido a, por exemplo, critérios de corte (cut-off).

Além disso, o conhecimento da origem das matérias-primas utilizadas pode aprimorar essas avaliações, por exemplo, se a origem se refere aos dados de primeiro plano (foreground system) o potencial de risco possui um efeito mais direto em comparação com os dados advindos do segundo plano (background system).

Estes conjuntos de dados contendo as quantidades dos materiais usados em produtos e processos podem acelerar a implementação de estratégias de uso eficiente de recursos focadas no consumo das CRMs.

Entre em contato e saiba como a ACV Brasil pode auxiliá-los no desenvolvimento de estudos de ACV com foco em CRMs.

Confira a lista das CRMs para a União Europeia em 2017.

Para uma leitura mais aprofundada sobre o tema consulte o artigo publicado na revista The International Journal of LCA.